Música para Corpo & Alma: A MÚSICA COMO ARTE E A MÚSICA COMO TERAPIA

Untitled design (23).jpg

A MÚSICA COMO ARTE E A MÚSICA COMO TERAPIA*

No livro A música Clássica da Índia, Alberto Marsicano (2008, p.15) escreve: “música é simultaneamente arte (no sânscrito Kala) e ciência (Shasta)”. Ou seja, no contexto oriental, Arte, Terapia e Espiritualidade estão integrados, uma complementa e afeta diretamente a outra.

Com a música o ser humano tem uma forma de relaciona-se e ser no mundo. Através dela gerações passaram à frente ensinamentos, historias e outras  informações para manter viva a identidade de grupos e mantê-los unidos através de cantos de trabalho e ritualísticos, isso para exemplificar apenas algumas das participações da música na vida do ser humano.

Desta forma a música é utilizada de diversas maneiras e para diferentes objetivos, entre eles, terapêuticos. Nesse contexto, a música não é recurso, mas o próprio meio terapêutico.

“A forma como uma cultura define e utiliza a música determina se ela é considerada relevante para a medicina, para a cura e para a terapia; e paralelamente, a forma como uma cultura vê a medicina, a cura e a terapia, determina quão relevante a música é pra ela” (BRUSCIA, 2000, p.14).

Desde o simples ato instintivo de a mãe balançar o bebê cantarolando
uma melodia para acalmá-lo e dormir, até os modernos estudos da ciência que
demonstram toda alteração química e fisiológica que ocorre numa pessoa
cantando em grupo, fazem crer que o homem percebeu há muito tempo que ao
produzir sons, possivelmente na tentativa de imitar sons internos e externos a
ele, haviam conseqüências para si e seu grupo.

Como demonstrado no documentário Inteligência Musical, o ato de cantar libera endorfinas, responsáveis pela sensação de prazer. Alguns cientistas acreditam que a integração ocorrida durante o canto grupal, tem relação com a liberação do hormônio oxitocina, que alguns deles denominam o hormônio do amor. Segundo estes mesmos cientistas, somente o ser humano é capaz de sincronizar ritmos e melodias, assim a música ajudou a criar laços entre os humanos

Referências Bibliográficas:

BRUSCIA, K E. Definindo Musicoterapia. Rio de Janeiro: Enelivros, 2000.

MARSICANO, Alberto. A música clássica da Índia. São Paulo: Perspectiva,
2006.

Documentário The Musical Brain – Explores How Music Tunes the Mind. Direção de Christina Pochmursky e produção de Vanessa Dylyn. Canadá: CTV & National Geographic channel, 2006. Documentário exibido na TV National Geographic, canal 33 da TVA, em Julho de 2009, com tradução.

* Este texto á parte da monografia apresentada no curso de Musicoterapia, com o tema “OS PADRÕES MUSICAIS ORIENTAIS COMO RECURSOS TERAPÊUTICOS NA MUSICOTERAPIA” que tiver interesse em ler na integra, solicitar via e-mail, pranaartes@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s